Domingo, 30 de Agosto de 2009

Melancias

 

Estas são as minhas melancias só alcançaram 15 a 20 cm de diâmetro e não passam disso, apesar de serem muitas vezes regadas, deve ser do solo mas já começo a ficar desanimado.

tags:
publicado por diariodahorta às 23:50

link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Nunogand a 2 de Novembro de 2009 às 13:39
Usualmente, as melancias que nós compramos (semente) não atingem uma dimensão muito grande. Isso é o normal.
Contudo, existem variedades que podem produzir frutos com mais de 10Kg mas que não são fáceis de encontrar dado que não têm valor comercial (imagine-se a tentar vender uma melancia de 15Kg no supermercado local...)
De diariodahorta a 10 de Novembro de 2009 às 23:59
Tens razão, só que as sementes delas eram dessas dos 10 a 15 kg e deram frutos de 1 ou 2 kg...........! Toda a gente me diz que aqui não é zona de melancias e começo a acreditar. Para o ano vou arranjar umas valas bem cheias de estrume e vou semeá-las por cima e será a minha derradeira tentativa.
De António a 5 de Dezembro de 2009 às 17:14
Viva!

Parabéns pelo teu excelente blog; fazem falta alguns blogues como o teu em Portugal, para trocar ideias entre os amantes(*) da horta (*principalmente o que se come…lol)! Digo isto porque até agora eu só me informava em blogues franceses (e um ou outro canadiano e americano).
Eu também comecei agora a construir um blogue (ainda com muitos “tropeções”…); mas estou atrasado nos comentários. Aos poucos será feito…
Quanto ás melancias, experimenta fazer como fazes os morangos, ou seja, em camas alteadas do solo e com bastante estrume. E a melancia quer muita água (ao contrário dos melões), os americanos até a chamam por watermelon (melão de água – acho que é assim que se diz, já que eu não sei falar o inglês)!
Outra coisa, NUNCA cortes a rama da melancia (tipo capar, como se faz nos melões), deixa-a “exprimir-se democraticamente”…lol
Também a podes semear em Março, em pequenos vasos ou garrafas, e guardas esses vasos dentro de casa (dia e noite) até ao final de Abril, depois, 2 ou 3 semanas antes de as colocares na terra, passas a deixar as melancias (ainda nos vasos é claro) no quintal, dia e noite, mas cobertas com dum pequena estufa (um plástico e 4 paus fazes a festa)!
Julgo que és do Ribatejo (?), eu sou minhoto, e por tanto, sou de uma região muita mais fria do que a tua, e eu consigo ter melancias. Então tu tens tudo a mais para as melancias prosperarem no teu quintal!!!
Felicidade e qualquer coisinha, pergunta sempre. Eu farei mesmo no teu blog!
Deixo-te o endereço do meu blog para o caso de quereres visitar:

http://ahortasaborosa.blogs.sapo.pt/

P.S. Importas-te que eu anexe o teu blogue nos meus favoritos do meu blogue (a ver se sei fazer isso…)?
De diariodahorta a 18 de Dezembro de 2009 às 00:14
Vivo próximo de Coimbra, por aqui existem boas terras para melancias, zonas de areia e próximas do rio. Mas onde eu vivo as terras são mais barrentas, não sei se serão as mais indicadas para este tipo de cultura. No próximo ano vou seguir os teus conselhos e então veremos! Passei no teu blog, está fixe, como conseguiste todas aquelas variedades de plantas? Onde eu vou encontro no máximo 6 variedades de sementes e só para algumas plantas. Está á vontade e anexa o blog como entenderes e se não te importares farei o mesmo ao teu. Votos de Boas Culturas!
De António a 19 de Dezembro de 2009 às 18:18
Viva!
Bem, parece que “meti o pé na argola”… Eu não sei onde é que fui buscar a ideia de que tu eras ribatejano?... A conclusão que eu tiro disto é, talvez…, eu nesse dia ter estado em algum blog ou site de qualquer ribatejano, e ter feito confusão???????????? Em todo o caso as minhas desculpas!
Pois…se a tua terra é barrenta aí talvez haja um pouco de “desculpa” para as tuas melancias não crescerem mais?...
Mas diz-me uma coisa: Se tu tens cultivado boas abóboras, melões (ou meloas) e pepinos, então as melancias também terão que ser generosas como os frutos anteriores?! Pertencem todos há classe das cucurbitaceae. Não se hibridam entre si, mas tem muita semelhança na substância…
Quanto ás minhas sementes, eu obtive-as (65/70% + ou -?) num fórum estrangeiro de troca de sementes PURAS! As pessoas que trocavam comigo, estavam só interessadas nos hortícolas portugueses (melão Casca de Carvalho, Branco do Ribatejo; as várias espécies de couves que existem em Portugal, e pouco mais…). E assim consegui muitas destas sementes. Mas já abandonei esse fórum (ao fim de um certo momento senti alguma descortesia… por parte de alguns participantes, enfim…).
Outras, adquirias num site on-line canadiano (Solana seeds). Mas existem muitos sites de venda de sementes (europeus e americanos); eu depois talvez coloque no meu blog os link`s desses sites?...
Este site canadiano onde comprei as sementes, não garante na totalidade…a pureza das sementes! Mas também são bem baratas; e os portes só custam $6.00 dólares canadianos ( 3€ e noventa + ou -, depende do cambio do dia). Mas não fiquei desiludido com as sementes…bem, é assim – as sementes de tomate lá compradas foram um êxito; as melancias, meloas e melões não aconselho…
Se quiseres sementes 100% puras, tens o site francês da Kokopelli; mas aqui cada carteirinha de sementes (e atenção que estes sites só vendem entre 10 a 20 sementes por carteira – tomates, melões, melancias, pepinos…) custa 3.30€ mais 5€ e tal de portes.
Mas se quiseres sementes de algumas das minhas espécies diz (eu dou-te), só não te garanto a pureza de todas as espécies; em algumas, eu as protegi, e assim nascerão o que se vê nas imagens, outras talvez sejam híbridas (?), mas neste caso pode suceder que nasçam surpresas muito agradáveis?..
Estás á vontade para anexar o meu blog nos teus favoritos (eu tentei anexar o teu mas não consegui…foi o mais complicado do blog com que me deparei até agora…)!

P.S. Parece um “testamento” o meu comentário…desculpa mas, para ser explicito teve de ser assim longo!

Solana Seeds:

http://solanaseeds.netfirms.com/catalogue.html

Kokopelli França:

http://www.kokopelli.asso.fr/boutic/index.html

Kokopelli Bélgica:

http://www.kokopelli-be.com/boutic/catalogue.html

De Tania Mota a 7 de Fevereiro de 2012 às 23:19
Muito obrigado pela partilha dos vossos conhecimentos, eu estou aqui na zona de Coimbra mas para a serra e ate hoje não consegui nem melões, nem melancia. Pepinos um espectáculo e courgetes lindas e enormes....
Citadina de nascença e criação ainda ando na aprendizagem e sem duvida que estou a aprender umas coisas por aqui. Muito obrigado
De diariodahorta a 8 de Fevereiro de 2012 às 23:00
Experimente comprar sementes híbridas de meloa e de melancia e verá que as coisas deixarão se ser assim. A semente normal não produz mas com essas tudo será diferente. Se não encontrar tente uma loja da Agriloja e compre sementes Profissional F1 , uma carteira custa 1,85 euros e tem apenas 15 sementes.
De fernanda peres a 27 de Junho de 2012 às 08:45
Ola ,interessante estes blogs .As melancias gostam de terra preta ,e frescura por isso o meu avo cemeava -as no meio do milho ,e eram enormes but poor guy nunca comia muitas os namorados das minhas tias denoite roubabao lhas ,desculpai erros vivi 20 anos em londres esqueco facilmente as palavras .Agora a viver de novo em Prtugal em Amarante tambem eu cemiei melancias mas nao tenho sorte terra barrenta ,muito sol quente demais .
De Liljol a 2 de Maio de 2012 às 15:00
Só uma pergunta, quando plantou as melancias como é que preparou a terra? É que as melancias gostam das terras rasgadas em profundidade pois a sua raiz principal é um género de espigão que vai para o fundo, o que faz as melancias ficarem grandes. O meu pai costuma fazer plantações de melancia e costuma rasgar a terra a cerca de um metro de profundidade. E outra coisa, as melancia apesar de serem 90% agua não querem sempre agua nem muita agua, pois há uma altura em que se deixa de dar agua para elas ganharem sabor.
De fernanda peres a 27 de Junho de 2012 às 08:51
Alguem tem ideia como tratra a terra barrenta ,e que a minha sorte e esat enquanto em londres tinha um jardim grande mas so barro ,agoar em Portugal e mesma coisa a uma coisa que gosta da terra barrenta as cebolas dao se bem ,mas tem tendencia a ganhar o areijo porque a terra aquece muito o que cresce mais sao as ervas daninhas
De Fazendeiro a 26 de Abril de 2013 às 20:41
Sabem como se trata a terra barrenta também sou de Coimbra e eu rego as culturas e fica tudo seco como pedrra

Comentar post

Lembrei-me de fazer este blog depois de várias pesquisas na net para tentar encontrar soluções para alguns problemas que estava a encontrar. Depois da casa veio a horta; é muito bom ter onde ocupar os tempos livres, mas isto sem demasiado trabalho, o que leva aos tais problemas: sistemas de rega por aspressão e gota a gota, plantação, poda e tratamento de árvores de fruto, adubagens e tratamentos com químicos. Para além disto, gosto de morangos, mas é preciso saber como os tratar. Na net não há muitas coisas sobre isto, há quem faça e venda, mas não quem ensine a fazer e daí o blog. Quero que seja como um diário onde ao longo do ano eu vá mostrando o que vou fazendo. Pode ser que também consiga encontrar alguém que me ajude com algumas dicas. Mail do blog diariodahorta@sapo.pt.

.pesquisar

 

.Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Dia de limpezas

. Espinafres

. Enxertia

. Farrusca

. Casa da lenha

. Tremocilha

. Couves

. Tempestade de 19 de Janei...

. Morangueiros

. Cebolo

.arquivos

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. abóboras(2)

. abóboras meninas(1)

. agriões(2)

. alface(1)

. alface de inverno(1)

. alface romana(1)

. alfaces(5)

. alfobre de couve lombarda(1)

. alfobre de morangueiros(1)

. alfobres(6)

. alhos(1)

. alhos franceses(3)

. ameixieira(3)

. ameixoeira(1)

. amoras(2)

. amoreira(1)

. amoreira em árvore(1)

. ano novo(1)

. árvores de fruto(6)

. àrvores de fruto(1)

. àrvores podadas(1)

. as primeiras culturas do ano(1)

. aspersores de rega(1)

. batata(1)

. batata agria(1)

. batata astérix(1)

. batata e cebolo(1)

. batatas(5)

. batateiras(5)

. beringelas(2)

. beringelas e curgetes(1)

. brócolos(1)

. bróculos(1)

. calda bordalesa(2)

. calendário de culturas - dezembro(1)

. calendário de culturas - fevereiro(1)

. calendário de culturas - janeiro(1)

. calendário de culturas - novembro(1)

. calendário de sementeiras 1ª parte(1)

. calendário de sementeiras 2ª parte(1)

. calendário de sementeiras 3ª parte(1)

. casa da lenha(1)

. cebolas(1)

. cebolas e alhos(1)

. cebolinhas(3)

. cebolo(4)

. cenouras(4)

. cerejeira(1)

. chuva de inverno(1)

. clementina(1)

. clementinas(1)

. cobertura para lenha(1)

. cobertura térmica(2)

. companheiro(1)

. companheiros(1)

. companheiros de horta(1)

. compostor(1)

. computador de rega(1)

. couve(1)

. couve chinesa(2)

. couve de bruxelas(1)

. couve lombarda(1)

. couve roxa(1)

. couve-flor(1)

. couves(6)

. couves chinesas(2)

. crivado das pereiras(1)

. curgetes(4)

. endívias(2)

. enxertia(3)

. espargos(14)

. espinafres(6)

. estufa(2)

. favas(7)

. faveiras(5)

. feijão de empa(3)

. feijoeiros(6)

. framboesas(2)

. gatinhos(2)

. geada(2)

. larangeira(2)

. laranjeiras(5)

. lepra dos pessegueiros(2)

. limoeiro(3)

. melancias(7)

. meloas(5)

. milho doce(3)

. mini-tigre(2)

. morangos(7)

. morangueiros(9)

. nabiça portuguesa(2)

. nabos(4)

. pepinos(2)

. pimentos(2)

. poda de árvores(2)

. rábanos(2)

. relva(2)

. roseiras(2)

. sacha(2)

. tomateiros(12)

. todas as tags

.links

.subscrever feeds